Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Previsão de 10% não inclui vacinas da AstraZeneca, diz Ministério da Saúde

Previsão de 10% não inclui vacinas da AstraZeneca, diz Ministério da Saúde
Reprodução/TV Câmara

O Ministério da Saúde esclareceu que a previsão de vacinar 10% da população contra a Covid-19 por meio do consórcio internacional COVAX não inclui as mais de 100 milhões de doses contratadas separadamente com a AstraZeneca.

Na manhã desta quarta-feira (7), o secretário-executivo do ministério, coronel Elcio Franco, contou a uma comissão da Câmara dos Deputados que o contrato do governo com a COVAX Facility prevê pouco mais de 42 milhões de doses, sendo previstas duas doses por vacinado.

E acrescentou: “Para reduzir significativamente os impactos da Covid-19 de maneira segura, rápida e eficaz, não seria necessário vacinar toda a população. Eu cito como exemplo a nossa campanha de vacinação anual contra a influenza, quando vacinamos cerca de 90 milhões de brasileiros, dentre a nossa população de 212 milhões de brasileiros”.

Minutos depois, porém, Elcio relembrou à comissão da Câmara do contrato separado do governo para comprar mais de 100 milhões de doses da vacina desenvolvida por AstraZeneca e Oxford.

Em nota, o Ministério da Saúde informou: “No que diz respeito à decisão pelo percentual de cobertura de 10% da população brasileira (equivalente a 21.255.900 de pessoas), a escolha foi estratégica e baseada em critérios técnicos (…) há pelo menos 100,4 milhões de doses contratadas pelo Ministério da Saúde, por intermédio da Fiocruz. Com esse pano de fundo, a opção pela COVAX Facility ocorreu devido à necessidade de diversificar ainda mais o leque de opções disponíveis para a obtenção da vacina o mais rápido possível. Importante registrar que esse número – 10% – é baseado em estudos científicos que apontam grupos de risco principais para desenvolvimento de formas graves da doença: indivíduos com 80 anos ou mais (equivalentes, no Brasil, a 4.441.053 pessoas); pessoas com morbidades (10.766.989); e trabalhadores da saúde (5.034.064), totalizando 20.242.106 brasileiros”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....