Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Precisamos evitar o pior", diz Fachin sobre eleições do ano que vem

O ministro fica na presidência na Corte eleitoral até agosto, quando passará o cargo a Moraes. A fala foi dada na última sessão da 2ª turma do STF
“Precisamos evitar o pior”, diz Fachin sobre eleições do ano que vem
Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O ministro Edson Fachin (foto), que assumirá a presidência do TSE em fevereiro do ano que vem, afirmou hoje que é preciso “do ponto de vista do Estado de Direito democrático, nos preparar para evitar em 2022 o pior.”

Fachin fica na presidência na Corte eleitoral até agosto, quando passará a responsabilidade para Alexandre de Moraes. A fala de Fachin foi dada durante a última sessão da 2ª turma do STF deste ano após um advogado desejar votos de um ano bom pela frente.

“A erosão democrática e a diluição institucional colocam no horizonte circunstâncias difíceis para o ano que se aproxima. Não há dúvida alguma que nós precisamos, do ponto de vista do Estado de Direito democrático, nos preparar para evitar em 2022 o pior. E é nesse sentido que os votos calham muito bem com todos aqueles que tem corações e mentes comprometidos com a democracia, e não com o retorno do autoritarismo e a diluição da autoridade da própria democracia das instituições democráticas, de um modo especial da Justiça Eleitoral”, disse Fachin.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....