Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Polícia Civil libera procurador que agrediu colega em prefeitura no interior de São Paulo

Segundo delegado responsável pelo caso, Demétrius Oliveira Macedo permanece solto, porque ele não foi pego em flagrante
Polícia Civil libera procurador que agrediu colega em prefeitura no interior de São Paulo
Reprodução/redes sociais

Apesar de vídeo que viralizou nas redes sociais nesta semana mostrando-o cometendo um ato de agressão brutal contra uma colega em Registro, no interior de São Paulo, o procurador Demétrius Oliveira Macedo foi liberado pela Polícia Civil após ser ouvido pelas autoridades.

O delegado responsável pelo caso, Fernando Carvalho Gregório, do 1º Distrito Policial de Registro, afirmou que Macedo não poderia ser detido no momento, pois não houve flagrante.

“Eu entendi que não havia uma situação de flagrante, e sim um fato criminoso. É claro que deveria ser devidamente apurado. Por isso, fizemos o registro da ocorrência e tomamos todas as diligências cabíveis na ocasião”, disse o delegado.

O incidente ocorreu dentro da prefeitura de Registro.

Embora tenha repercutido na terça-feira (21), com a gravação nas redes sociais, o episódio aconteceu na segunda-feira (20).

Como mostra o vídeo, Macedo desferiu socos e chutou a procuradora Gabriela Samadello Monteiro de Barros (foto) múltiplas vezes, deixando-a com o rosto ensanguentado.

A agressão teria sido motivada pela abertura de um processo administrativo contra Barros devido à sua postura no ambiente de trabalho.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....