Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Planalto pressiona, mas projeto de garimpo em terras indígenas não deve avançar

A avaliação no cenário político é que não há clima para a votação do texto em meio à pressão internacional pela preservação ambiental
Planalto pressiona, mas projeto de garimpo em terras indígenas não deve avançar
Reprodução: Facebook/Jair Bolsonaro

Em fevereiro do ano passado, o presidente Jair Bolsonaro enviou à Câmara um controverso projeto de lei para regulamentar a mineração em terras indígenas, diz a Crusoé. À época, o então presidente da Casa, Rodrigo Maia, anunciou que não pautaria a proposta. Com a Câmara sob o comando do aliado Arthur Lira, Bolsonaro decidiu agora pressionar pela abertura do debate.

“Representantes da oposição e até parlamentares próximos a Lira, entretanto, não veem clima para a votação do texto, sobretudo diante da pressão internacional pela preservação ambiental e da proximidade da Cúpula do Clima, na Escócia, em outubro. Na última quinta-feira, Bolsonaro recebeu no Planalto o presidente da Fundação Nacional do Índio, Marcelo Augusto Xavier, e um grupo de índigenas para tratar do assunto. A liberação de garimpo em comunidades tradicionais não é unanimidade e, na maioria das tribos, existe o receio de que a medida estimule a invasão de terras e a degradação ambiental.”

Leia mais aqui. 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....