Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PF sabe origem de ataque hacker, diz diretor-geral

Inquérito foi aberto pela corporação para investigação; ataque tirou do ar o site do Ministério da Saúde e a plataforma ConecteSUS
PF sabe origem de ataque hacker, diz diretor-geral
Reprodução/Linkedin

O diretor-geral da PF, Paulo Gustavo Maiurino (foto), afirmou neste sábado que a corporação já sabe a origem do ataque hacker ao Ministério da Saúde na madrugada de sexta-feira. O portal ConecteSUS, que armazena os dados de vacinação contra a Covid, também foi afetado e saiu do ar.

“Nós avançamos bem, sabemos basicamente onde foi a origem do ingresso pelos criminosos e estamos agora buscando detalhes para identificá-los, disse Maiurino em coletiva.

“Desde [que fomos] acionados, na madrugada do dia de ontem, disponibilizamos a nossa melhor equipe e mais especializada para o enfrentamento desse crime cibernético. Ela é composta de peritos, delegados de Polícia Federal e agentes, que estão colhendo todas as informações do Ministério da Saúde, inicialmente, e de outros órgãos que sofreram ataques em menor relevância para desvendar e identificar os autores desse crime.”

Como mostramos, a PF abriu um inquérito para apurar o ataque. De acordo com a corporação, não se trata de um ataque ransomware (o “sequestro” de dados em troca de um resgate), e, sim, hacktivismo (ataque hacker politicamente motivado).

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....