Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PF mira grupo suspeito de movimentar R$ 2 milhões por mês no câmbio paralelo

Alvos da Operação Peculium realizavam operações ilegais na fronteira com a Argentina, segundo investigações
PF mira grupo suspeito de movimentar R$ 2 milhões por mês no câmbio paralelo
Foto: Reprodução/Polícia Federal

A Polícia Federal deflagrou nesta terça (23) a Operação Peculium, que mira um grupo suspeito de movimentar R$ 2 milhões por mês em operações ilegais de câmbio na fronteira com a Argentina.

Agentes foram às ruas para cumprir 60 ordens judiciais na cidade de São Borja, na divisa do Rio Grande do Sul com o país, que foram autorizados pela Justiça Federal. Foram expedidos 15 mandados de busca e apreensão, seis mandados de prisão, sequestro de 14 veículos, 11 imóveis e bloqueio de até R$ 21 milhões em contas bancárias vinculadas a 13 investigados e empresas. Também foram determinadas 14 medidas cautelares, como monitoramento por tornozeleira eletrônica, retenção de passaporte e apresentação periódica em juízo.

A PF identificou, até o momento, o uso de doleiros e fornecedores do exterior para internalizar pesos argentinos e dólares americanos no Brasil. Segundo as investigações, após entrarem no país, as moedas estrangeiras eram comercializadas irregularmente, principalmente para empresas de transporte rodoviário de cargas. Na última etapa, era realizado um “complexo esquema de lavagem de dinheiro”, de acordo com a Polícia Federal.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....