Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Petroleiros pedem que nomeação de novo presidente da Petrobras seja anulada

Sindicato cita inexperiência de Caio Paes de Andrade no setor petrolífero e conflito de interesses devido a empresa de ex-esposa
Petroleiros pedem que nomeação de novo presidente da Petrobras seja anulada
Foto: Divulgação

O Sindicato dos Petroleiros do Rio de Janeiro (Sindipetro-RJ) entrou com uma ação popular na 4ª Vara da Justiça Federal de Niterói pedindo a anulação da nomeação de Caio Paes de Andrade à presidência da Petrobras.

Entidade cita a falta de experiência do indicado do governo no setor. Pela Lei das Estatais, Andrade precisaria de 10 anos atuação.

“A ausência absoluta de experiência do réu [Andrade] o inabilita à presidência da Petrobras, sendo certo que sua aprovação por maioria nos órgãos deliberativos da entidade somente fora possível por conta da conduta impositiva e intransigente da União, em que pese a evidente inadequação do postulante ao cargo”, diz o sindicato.

O sindicato argumentou também que a conflito de interesses na nomeação. Caio Paes foi casado com a americana Margot Greenman, fundadora de uma empresa de crédito chamada Captalys. A companhia foi contratada para operar a plataforma de antecipação de recebíveis aos fornecedores da companhia, Finaor

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....