Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Pátria amada não pode ser pátria armada”

Não citou o presidente, mas nem precisava
“Pátria amada não pode ser pátria armada”
Foto: Divulgação/Arquidiocese de Aparecida

Jair Bolsonaro repete sempre a ladainha de que “povo armado não será escravizado”. O Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, discorda. 

Em sermão pelo Dia de Nossa Senhora Aparecida, Brandes se posicionou contra o armamento da população. “Pátria amada não pode ser pátria armada.

Não citou o presidente, mas nem precisava.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....