Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Pastor lobista e ex-MEC estiveram 10 dias no mesmo hotel, segundo PF

Gilmar Santos e Arilton Moura usavam local como uma espécie de QG para negociar liberações de recursos da pasta
Pastor lobista e ex-MEC estiveram 10 dias no mesmo hotel, segundo PF
Reprodução

Os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, da Assembleia de Deus, usavam um hotel em Brasília como uma espécie de QG para negociar liberações de recursos do Ministério da Educação

A Polícia Federal confirmou 63 hospedagens de Arilton e uma de Gilmar no Grand Bittar. Já o ex-assessor do MEC Luciano Musse hospedou-se 29 vezes no hotel (24 em 2021 e 5 neste ano), diz a Folha.

Em dez dessas ocasiões, Arilton se hospedou nas mesmas datas em que Musse também estava no local.

O ex-ministro Milton Ribeiro foi preso na quarta e solto no dia seguinte por decisão do TRF-1. Ele é suspeito de participar de um esquema de desvios de recursos na pasta. As investigações  miram também Gilmar Santos, Arilton Moura, Luciano de Freitas Musse e Helder Bartolomeu, genro de Arilton.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....