Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Para não depender do PDT, Lira quer votos dos deputados “fujões”

Presidente da Câmara acredita que pode conseguir entre 20 e 25 votos entre os parlamentares do Centrão que faltaram à votação de primeiro turno
Para não depender do PDT, Lira quer votos dos deputados “fujões”
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Aliados de Arthur Lira (PP-AL) afirmam que já sabem como o presidente da Câmara (foto) pode anular um eventual recuo de deputados do PDT durante a votação do segundo turno da PEC dos Precatórios, marcada para amanhã.

Eles acreditam que podem conseguir entre 20 e 25 votos entre os deputados do Centrão que faltaram à votação de primeiro turno.

Ao todo, 53 deputados faltaram à votação da semana passada. Destes, 36 são de partidos de centro ou de apoio ao governo. Entre os deputados “fujões”, dez são do MDB; sete do PSL; seis do DEM; três do PTB; três do PP de Lira; três do PSDB; dois do Republicanos, um do PSD e um do Pros.

O presidente da Câmara tem admitido a aliados que, em um cálculo conservador, pode conseguir pelo menos 20 destes votos; os deputados mais otimistas falam em 25 votos. Em ambos os casos, o número seria suficiente para minimizar um eventual recuo dos 15 parlamentares pedetistas que votaram pela PEC do Calote na semana passada.

Por essa razão, Lira apertou o cerco contra os deputados que faltaram. Como mostramos na semana passada, ele pediu a lista de voos dos parlamentares e tem monitorado, pessoalmente, a chegada de cada um na capital federal.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....