Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Para Bolsonaro, Carlos "falou o óbvio"

Para Bolsonaro, Carlos “falou o óbvio”
(Sobradinho - BA, 05/08/2019) Cerimônia de inauguração da Usina Fotovoltaica Flutuante. Foto: Alan Santos/PR

Na entrevista que concedeu ontem à TV Record, Jair Bolsonaro saiu em defesa do filho Carlos, alvo de críticas por sua controversa declaração sobre democracia publicada na semana passada no Twitter.

Na ocasião, o vereador escreveu que “por vias democráticas, a transformação do Brasil não acontecerá na velocidade que almejamos… e se isso acontecer”.

“É uma opinião dele e ele tem razão. Se fosse em Cuba ou na Coreia do Norte, já não teria aprovado tudo o que é reforma? Sem Parlamento? Demora porque tem a discussão, isso é natural”, afirmou Bolsonaro à Record.

“São demoradas, sim, e ele até falou o óbvio. Eu, se tivesse no português agora, no meu tempo de garoto, ia falar que essa é uma figura de linguagem conhecida como pleonasmo abusivo. Como o leite é branco, o café é preto ou o gelo é gelado. Coisa óbvia”, prosseguiu o presidente.

Bolsonaro reiterou que tem compromisso com a democracia. “Pelo amor de Deus. Há alguma manifestação minha, dizendo que a democracia não pode ser feita diferente?”, questionou.

“Logicamente, tenho minhas críticas ao Parlamento, e o Parlamento tem para comigo. Gostaria que fosse mais rápido, até por questões óbvias, porque o Brasil não pode continuar marcando passo em algumas coisas.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....