Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Pai de governador do Acre recebeu R$ 420 milhões nos oito primeiros meses de mandato

Entre fevereiro e março de 2019, o saldo de uma conta de Eládio Cameli na Caixa passou de R$ 525 mil para R$ 50 milhões
Pai de governador do Acre recebeu R$ 420 milhões nos oito primeiros meses de mandato
Crédito: Reprodução / YouTube / TRE-AC

Um relatório do Coaf indica que Eládio Cameli, pai do governador do Acre, Gladson Cameli (PP), movimentou R$ 420,4 milhões em uma conta na Caixa Econômica, entre janeiro e agosto de 2019, diz o Estadão.

O período coincide com os oito primeiros meses de mandato de Cameli. Em dezembro, o governador foi alvo de uma operação da PF por um suposto esquema de corrupção. Sua chefe de gabinete chegou a ser presa.

Como mostramos, o relatório do Coaf apontou vinte comunicações de movimentações financeiras suspeitas envolvendo Cameli. As transações notificadas ultrapassam a marca de R$ 828 milhões.

O volume de dinheiro na conta do pai do governador chamou atenção das autoridades por causa do crescimento vertiginoso em relação ao mês anterior.

Entre dezembro de 2018 e janeiro de 2019, a conta recebeu R$ 107 mil. O maior salto, no entanto, acontece de fevereiro para março de 2019, quando o saldo bancário passa de R$ 525 mil para R$ 50 milhões.

O irmão do governador, Gledson Cameli, também está sendo investigado. Isso porque o governador tentou usar uma empresa registrada no nome dele para comprar um apartamento de R$ 5 milhões em São Paulo.

Gladson Cameli não se manifestou sobre o caso.

Em nota, Eládio Cameli disse que suas empresas não participaram de processos licitatórios ou de contratações diretas com o governo do Acre na atual gestão e negou movimentação de R$ 420 milhões em sua conta corrente. Ele ainda afirmou que como pode “comprovar a origem lícita da integralidade do patrimônio” e acrescentou que confia na Justiça.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....