Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Pacheco dá 10 dias para parlamentares revelarem indicações no orçamento secreto

Cobrança foi feita para tentar cumprir exigência de Rosa Weber, do STF, visando dar transparência às emendas de deputados e senadores
Pacheco dá 10 dias para parlamentares revelarem indicações no orçamento secreto
Foto: Nelson Jr./STF

Rodrigo Pacheco deu dez dias para todos os parlamentares do Congresso revelarem as indicações de emendas realizadas, entre 2020 e 2021, por meio do orçamento secreto, informa o Estadão.

Em ofício de urgência obtido pelo jornal paulistano, o presidente do Senado afirma que a medida será necessária por causa do esgotamento do prazo de noventa dias fixado pelo STF para que fosse dada ampla publicidade aos repasses.

Na semana passada, a relatora do caso no Supremo, Rosa Weber (foto), negou o pedido de Pacheco e do presidente da Câmara, Arthur Lira, para que o Congresso tivesse mais tempo para dar publicidade ao orçamento secreto.

A ministra do STF disse não ter visto razões “legítimas e motivos razoáveis” para prorrogar o prazo.  Os parlamentares alegam enfrentar “dificuldades técnicas” para obedecer à ordem do Supremo que determina a publicidade das emendas.

A decisão de Rosa, diz o Estadão, representou uma derrota para Lira e Pacheco, que agora tiveram de se movimentar a contragosto de seus aliados. Segundo fontes do Congresso, o presidente do Senado tomou a decisão de exigir a transparência após Márcio Bittar, relator do Orçamento de 2021, não enviar os documentos.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....