Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Os imbecis e a liberdade de expressão

"Se o direito à expressão é constitutivo da democracia, precisa ser vasto e teremos de aceitar os imbecis e tolerar os intolerantes", escreve André Marsiglia na Crusoé
Os imbecis e a liberdade de expressão
Foto: Nelson Jr/SCO/STF

Em artigo para a Crusoé, André Marsiglia Santos comenta o risco de permitirmos que a expressão seja regulada pelo poder privado de alguns poucos cidadãos.

“Se o direito à expressão é constitutivo da democracia, precisa ser vasto e teremos de aceitar os imbecis e tolerar os intolerantes”, afirma em referência à declaração do ministro Alexandre de Moraes (foto) sobre a internet ter dado “voz aos imbecis”.

“Apenas a lei, interpretada de forma ampla, pode colocar freio ao direito de alguém dizer algo. Se o direito à expressão, no entanto, é um instrumento, um mero efeito democrático, seu exercício pode ser moldado da forma que for mais conveniente à sociedade. Nesse último caso, ainda que protegido pela lei, o discurso pode ser silenciado por comitês privados, por agências de checagem, pelo cancelamento de influenciadores digitais.”

Leia aqui a íntegra do artigo. Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....