Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Operação mira suspeitos de apologia ao nazismo

Quatro pessoas foram presas; agentes também foram às ruas para cumprir 31 mandados de busca e apreensão em sete estados nesta quinta-feira
Operação mira suspeitos de apologia ao nazismo
Foto: Governo do Estado do Rio de Janeiro

A Polícia Civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) prenderam nesta quinta-feira (16) quatro pessoas na Operação Bergon, que mira um grupo extremista que faz apologia ao nazismo em redes sociais.

Os suspeitos foram detidos em Campos dos Goytacazes (RJ), em Valença (RJ) e em Suzano (SP). Agentes também cumprem 31 mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Já foram encontrados itens como facões, arco e fechas e livros sobre o nazismo.

As investigações começaram em maio, quando a Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV) recebeu uma denúncia de órgãos do governo dos Estados Unidos.

No mesmo mês, agentes da DCAV prenderam José Raphael Tomas Zéfiro. A polícia apreendeu com ele um computador, um telefone e quatro videogames. Na análise dos aparelhos, autoridades identificaram que ele que integrava grupos de WhatsApp cujos membros se autodeclaram nazistas, ultranacionalistas e nacional-socialistas.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....