Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Olavo: "Jamais pediria a cabeça do embaixador Paulo Roberto de Almeida"

Olavo de Carvalho negou influência na demissão do diplomata Paulo Roberto de Almeida do comando do Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais, anunciada ontem pelo Itamaraty.

“Não pedi e jamais pediria a cabeça do embaixador Paulo Roberto de Almeida. Quem insinue que o fiz é um filho da puta. Na verdade, nem entendi ainda o que se passou com o embaixador”, escreveu no Twitter.

Em 2017, Olavo participou de um debate online com Paulo Roberto sobre globalismo e globalização. Enquanto o escritor atacava iniciativas para um governo mundial, o diplomata saudava trocas econômicas, tecnológicas e culturais entre os países.

“O Paulo Roberto de Almeida jamais me perdoou por ter demonstrado, num debate, a sua total ignorância e incompetência em matéria de globalismo. Como vingancinha, apelou aos xingamentos da moda e à proteção do FHC. Só faltou rezar: São George Soros, socorrei-nos!”, afirmou Olavo ontem no Twitter, sobre o debate.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....