Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Olavista que defendeu médico preso no Egito é cotado para assumir lugar de Mário Frias

Felipe Pedri é chefe da Secretaria de Audiovisual da Secretaria de Cultura e considerado o braço-direito do atual secretário especial de Cultura
Olavista que defendeu médico preso no Egito é cotado para assumir lugar de Mário Frias
Reprodução

O publicitário Felipe Pedri, atual chefe da Secretaria de Audiovisual, é cotado para substituir Mário Frias no comando da Secretaria Especial de Cultura do governo federal.

Como mostramos no final de semana, Frias vai deixar o órgão para disputar o cargo de deputado federal por São Paulo. Para isso, o secretário especial de Cultura terá que se desincompatibilizar da função até o final do mês.

Com o afastamento de Frias, Pedri tem sido apontado como o substituto natural de Frias, por ser próximo ao secretário, por fazer parte da chamada ala ideológica do governo e por ser aliado do senador Flávio Bolsonaro (PL).

Ele assumiu a Secretaria de Audiovisual em novembro do ano passado e ficou conhecido por ter defendido o médico Victor Sorrentino, que foi detido em maio de 2021 após ter ofendido uma vendedora muçulmana com frases de cunho sexual.

“De olho na quantidade de mau caracters [sic] que estão levando um pai de família como o Vick a passar por desumanidades sem precedentes em um país estrangeiro. Vocês não são brasileiros, são a escória da humanidade”, disse na ocasião pelas redes sociais.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....