Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

O mito da Câmara

Arthur Lira voltou ao Twitter para defender a aprovação da alíquota de 17% para combustíveis: "É para isso que as instituições existem"
O mito da Câmara
Reprodução/BTG Pactual

Arthur Lira está inspirado nesta sexta-feira 20. Ele foi ao Twitter para dizer que “nós não podemos fazer de conta que a crise de energia mundial não existe. Que o povo não existe e que as soluções não existem”.

“É para isso que as instituições existem: para dar respostas e aliviar a situação do povo quando as crises acontecem.”

Para quem não entendeu, o mito da Câmara está falando da lei que classifica combustíveis, energia elétrica, telecomunicações e transportes como bens e serviços essenciais — sobre os quais incidem a alíquota máxima de ICMS de 17%.

17%

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....