Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

O Brasil não consente mais com "aventuras autoritárias", diz Fachin

Presidente do TSE deu a declaração durante evento nesta terça; Bolsonaro tem intensificado ataques ao sistema eleitoral do país
O Brasil não consente mais com “aventuras autoritárias”, diz Fachin
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Diante da crise entre o Planalto e o Tribunal Superior Eleitoral, o presidente da Corte, Luiz Edson Fachin (foto), afirmou hoje que o Brasil não consente mais com “aventuras autoritárias”. A declaração do ministro foi dada durante a abertura da palestra “Democracia e eleições na América Latina e os desafios das autoridades eleitorais”.

O mundo observa, com atenção, o processo eleitoral brasileiro de 2022. Somos, hoje, uma vitrine para os analistas internacionais, e cabe à sociedade brasileira garantir que levaremos aos nossos vizinhos uma mensagem de estabilidade, de paz e segurança, e de que o Brasil não mais aquiesce a aventuras autoritárias”, afirmou Fachin.

Nas últimas semanas, Bolsonaro voltou a atacar o sistema eleitoral do país e a levantar dúvidas sobre a lisura do pleito. Como mostramos, nessa segunda (16), em tom de ameaça, o presidente disse que tudo pode acontecer nas eleições e que o país pode viver “outra crise”, caso o processo eleitoral não seja auditado.

Assista:

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....