Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

O bolsonarismo tucano

O bolsonarismo tucano
Foto: José Cruz/Agência Brasil

Jair Bolsonaro e Augusto Aras salvaram os tucanos paulistas.

Leia um trecho da reportagem da Crusoé:

“Nos últimos meses, naufragaram em São Paulo duas grandes negociações envolvendo as empreiteiras Camargo Corrêa e Queiroz Galvão, cujos executivos estavam dispostos a colaborar com depoimentos e documentos sobre pagamentos de propina a agentes públicos em obras do Rodoanel e do Metrô paulista, além de construções realizadas em outros estados, como Amazonas e Ceará.

O advogado de um executivo que estava negociando com os procuradores da extinta força-tarefa admitiu a Crusoé que o ‘caos’ instaurado na Lava Jato deixou seu cliente inseguro em continuar a discutir uma delação.

Considerado o eixo mais promissor da Lava Jato para os próximos anos, por ter sido o último a ser criado e envolver não somente políticos paulistas, mas grandes empresas e bancos privados, o braço da operação em São Paulo acabou antes mesmo de atingir o seu máximo, por causa da PGR, que já desidratava a força-tarefa sem prorrogar a atuação exclusiva dos procuradores e agora nem sequer acena com qualquer apoio.”

Assine a Crusoé e leia a reportagem completa aqui.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....