Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"O antivacina é fogo", diz Aziz

O avanço da Ômicron, com um grande número de imunizados infectados pela nova variante, tem servido de pretexto para a turma contrária à ciência
“O antivacina é fogo”, diz Aziz
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O senador Omar Aziz (PSD-AM), que presidiu a CPI da Covid, disse a O Antagonista que a Anvisa alertou o governo brasileiro do avanço da Ômicron.

“A Anvisa tinha comunicado isso ao governo, tinha feito as devidas recomendações. Mais do que nunca, é preciso respeitar a ciência, a ciência tinha alertado para isso”, afirmou.

Na virada do ano, a Anvisa recomendou, por exemplo, que o Ministério da Saúde suspendesse a temporada de cruzeiros no país.

Embora o avanço da Ômicron — com um grande número de vacinados infectados pela nova variante — esteja servindo de pretexto para a turma do discurso antivacina, Aziz (foto) considera que esse grupo não tem força no Brasil.

“Dizem que ‘a pessoa está vacinada e está contraindo o vírus’. Ora, qualquer vacina te protege para que a situação não agrave. Se tiver vacinado, a chance de a situação não agravar é muito maior. O antivacina é fogo, é incrível que ainda tenha gente com esse discurso. Mas, graças a Deus, as pessoas estão se vacinando no Brasil”, afirmou o senador.

“Tem que vacinar. Não tem outra saída: é vacinar”, acrescentou.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....