Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Notas taquigráficas mostram que Lira não concordou com adesão do PT ao bloco de Baleia

Notas taquigráficas mostram que Lira não concordou com adesão do PT ao bloco de Baleia
Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

As notas taquigráficas da reunião de líderes desta segunda-feira (1º), que antecedeu a eleição para a Mesa Diretora da Câmara, mostram que Arthur Lira (PP) não concordou com a inclusão do PT ao bloco de Baleia Rossi (MDB), pelo fato de o partido ter registrado sua adesão à agremiação partidária por volta das 12h06.

A informação rebate argumento do próprio PT que alega ter tido anuência de líderes para compor o bloco de Baleia, mesmo após o fim do prazo de inscrição. A discussão sobre a validade ou não da adesão do PT vai parar no STF. “Me desculpe, mas o caso do PT… O PT só entrou no sistema para mandar a lista dele às 12h06min, às 12h06min. Em caso idêntico a esse, o PDT ficou fora da Mesa nas duas eleições”, disse Lira.

Mais adiante, Lira deixa claro que não se oporia à inclusão de outros partidos no bloco de Baleia, como a Rede, o PV, o PCdoB que conseguiram cumprir o prazo regimental para inscrição de chapa. “A gente não está contestando aqui o que houve com o Deputado Baleia ou o que não houve. É só uma questão de coerência temporal. Todos os senhores cumpriram os seus prazos e apresentaram até antes do meio-dia. A questão de comunicação aqui é bloco para aderir, e vocês ficaram soltos. Nós vamos ultrapassar essa dificuldade que teve o MDB de mandato à adesão. Mas o PT, Presidente Rodrigo Maia, foi protocolizado pela constituição do bloco, pendente de comunicação sua com a Oposição, às 12h06min”, disse Lira.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....