Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

No Financial Times, Huck critica Bolsonaro por pandemia e política ambiental e cita volta de Lula

No Financial Times, Huck critica Bolsonaro por pandemia e política ambiental e cita volta de Lula
Foto: World Economic Forum / Sandra Blaser

Em artigo no Financial Times, Luciano Huck diz que “poucos países sofreram [e ainda estão sofrendo] mais com a Covid-19 do que o Brasil”.

O apresentador de TV e presidenciável escreve que Jair Bolsonaro “tem consistentemente minimizado” a doença e “sabotado a vacinação”, fazendo, por exemplo, com que a variante do novo coronavírus identificada no país “se espalhe pelo mundo”.

Na questão econômica, Huck cita a recente interferência de Bolsonaro na Petrobras e afirma que a volta de Lula ao jogo político “minou ainda mais a confiança do mercado”.

O apresentador diz, ainda, que a popularidade de Bolsonaro despencou”, apesar do coronavoucher, e fala em “estrago do governo” na área ambiental.

“O Brasil poderia se tornar um superpotência verde. Já é um dos maiores produtores de soja, açúcar, milho e carne bovina. Mas precisa fazer isso com base em uma mudança em direção a uma agricultura sustentável, uma bioeconomia próspera e um ecoturismo responsável.”

Em seguida, Huck relata que tem milhões de espectadores todas as semanas na TV e é seguido por 50 milhões de pessoas nas redes sociais. Acrescenta que seu nome foi ventilado na última eleição presidencial do Brasil, mas pondera que continua focado “na reconstrução de liderança competente de baixo para cima e ajudando a criar um Brasil mais sustentável”.

Ele conclui o texto dizendo que, se Jair Bolsonaro continuar ignorando a questão ambiental, o Brasil tornar-se-á “um pária global” mais do que já é.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....