Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Nem só de gabinete de ódio vive Bolsonaro

Estratégia oficial da campanha de reeleição tem duas frentes: uma destaca as realizações do governo e perspectivas para um segundo mandato
Nem só de gabinete de ódio vive Bolsonaro
Adriano Machado/Crusoé

Como mostramos na Crusoé, a estratégia oficial da campanha de Jair Bolsonaro tem duas frentes: uma destacará as realizações do governo e perspectivas para um segundo mandato, e outra dará exposição aos atos de corrupção, fraude contábil e demais crimes da gestão Lula e Dilma Rousseff.

Há ainda uma terceira, não oficial, que apostará na disseminação de fake news contra adversários.

Hoje, o presidente usou seu perfil no Twitter para a primeira frente. “Fora as ações já realizadas desde 2019, privatizações e concessões devem atrair R$ 3 trilhões em 10 anos”, escreveu, numa referência à estimativa do Ministério da Economia divulgada dias atrás.

A pasta de Paulo Guedes considera o compromisso de investimentos feitos por meio de privatizações e concessões que foram ou estão sendo implementadas pelo governo. “O Brasil deve receber R$ 203 bilhões de investimentos no próximo ano com projetos que estão sendo implementados. Infraestrutura, empregos e desenvolvimento”, completou Bolsonaro.

A mensagem foi reproduzida em todas as plataformas e aplicativos de mensagem.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....