Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Filiação de Moro: "Não vai ter bebida nem bolo, mas será um dia de júbilo"

Senador Oriovisto Guimarães disse que, amanhã, no ato de filiação ao Podemos, Sergio Moro deixará claro que ainda não é candidato
Filiação de Moro: “Não vai ter bebida nem bolo, mas será um dia de júbilo”
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O senador Oriovisto Guimarães (foto), do Podemos do Paraná, disse a O Antagonista que a filiação de Sergio Moro ao partido amanhã, em Brasília, se dará em uma “cerimônia normal”.

“Vai ser uma filiação em cerimônia normal, sem grandes formalidades: o Moro deve fazer um pronunciamento, assinar a ficha e aí começa o jogo”, disse.

Perguntamos se vai ser um evento em clima de festa, já com música e provável slogan de campanha, ou algo mais protocolar e discreto.

“Não vai ter bebida nem bolo, mas será um dia de júbilo. É um partido recebendo nas suas fileiras uma figura notável: é claro que isso é motivo de alegria. Qualquer partido ficaria feliz com uma filiação dessa.”

Segundo Oriovisto, Moro deixará claro que não é (ainda) pré-candidato à Presidência da República.

“Ele é um possível candidato e deixará isso claro. Será uma coisa mais formal, até porque a candidatura não está definida ainda: ele vai colocar isso muito claramente. A filiação é um primeiro passo.”

O senador reforçou que o compromisso, pelo menos até agora, entre os postulantes ao Planalto da chamada Terceira via é o de aguardar até março ou abril do ano que vem para uma possível definição de candidatura única.

“O nome que tiver melhor classificado nas pesquisas lá tende a receber o apoio dos demais. Tudo o que a Terceira Via não deve fazer é se fragmentar.”

O ato de filiação está marcado para começar às 9h.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....