Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Não há bala de prata", diz líder do governo, sobre Auxílio Brasil de R$ 600

Carlos Portinho ressaltou que o governo vai optar pelo aumento no valor do benefício porque os estados não garantiram que vão zerar o ICMS
“Não há bala de prata”, diz líder do governo, sobre Auxílio Brasil de R$ 600
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Ao anunciar que o governo federal pretende ampliar de R$ 400 para R$ 600 o Auxílio Brasil, o líder do governo no Senado, Carlos Portinho (PL-RJ), afirmou há pouco que “não há bala de prata” em relação às novas medidas. 

Portinho ressaltou que o governo vai optar pelo aumento no valor do benefício porque os estados não garantiram que vão zerar o ICMS sobre os combustíveis, mesmo com a compensação da União.

“Não há bala de prata, há um conjunto de iniciativas que o Senado vem adotando [para conter a inflação]”, disse Portinho.

O governo estuda ampliar o Auxilio Brasil em mais R$ 200 reais até o final de 2022, mas a medida está sob avaliação da equipe técnica do Ministério da Economia

“Políticas sociais são mais eficazes”, justificou Portinho.

O líder do governo no Senado confirmou que está em discussão uma proposta para conceder R$ 1 mil aos transportadores autônomos.

Mais notícias
TOPO
×
Oferecimento....