Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Na parte moral, falhou. E falhou feio”, diz Mourão, sobre Pedro Guimarães

Na quarta-feira (29), o vice-presidente disse que as denúncias contra o ex-dirigente, naquele momento referentes apenas a assédio sexual, eram "delicadas" e preferiu esperar apuração para comentar sobre caso
“Na parte moral, falhou. E falhou feio”, diz Mourão, sobre Pedro Guimarães
Foto: Romero Cunha/VPR

Após a revelação de série de denúncias de assédio sexual e de assédio moral levarem na quarta-feira (29) à queda do então presidente da Caixa Pedro Guimarães, Hamilton Mourão (foto) se pronunciou sobre o caso nesta sexta-feira (1º).

O vice-presidente da República é a primeira figura do alto escalão do governo Bolsonaro a comentar as denúncias.

“Em termos operacionais, o trabalho do Pedro foi muito bom e a Caixa avançou bastante ao longo desses anos, mas lamentavelmente, nessa parte moral, falhou. E falhou feio, disse Mourão ao chegar ao Palácio do Planalto nesta sexta-feira.

O general aposentado também relembrou sua passagem pelas Forças Armadas para condenar o assédio em ambiente de trabalho.

“Eu sou militar. [Tenho] 46 anos dentro das Forças Armadas, que é onde a gente atua dentro de honra, lealdade integridade e probidade. Então, qualquer tipo de assédio que é feito por superior sobre um subordinado é uma das piores coisas que pode acontecer. Isso não concordo em hipótese alguma”, acrescentou.

Na quarta-feira (29), pouco antes da demissão de Guimarães, Mourão se absteve de comentar sobre as denúncias, mas exigiu apuração, durante entrevista à CNN Brasil.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....