Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

MPF ajuíza ação de improbidade contra Cunha e Eduardo Alves

MPF ajuíza ação de improbidade contra Cunha e Eduardo Alves
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O MPF ajuizou uma ação de improbidade contra os ex-deputados Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves por desvio de dinheiro do Fundo de Investimentos do FGTS (FI-FGTS). Os procuradores pedem que Cunha devolva ao erário R$ 20 milhões e Henrique Alves, R$ 55 milhões.

As acusações fazem parte da Operação Greenfield. De acordo com as investigações, os ex-deputados recebiam propina para liberar investimentos do FGTS em empresas. Ambos os parlamentares, segundo os procuradores, tinham influência para indicar nomes para cargos no Executivo que mantivessem o esquema funcionando.

Segundo a ação de improbidade, o esquema funcionou entre 2011 e 2015. Os ex-deputados denunciados em 2016 pela Procuradoria-Geral da República, mas, com o fim de seus mandatos, os processos baixaram para a primeira instância.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....