Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

MP denuncia 5 PMs por alterarem cena da morte de grávida no Rio

Jovem Kathlen de Oliveira Romeu, de 24 anos, foi atingida por tiro de fuzil durante operação no Complexo do Lins em junho
MP denuncia 5 PMs por alterarem cena da morte de grávida no Rio
Reprodução/Instagram

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) denunciou nesta segunda (13) cinco policiais militares por alterarem a cena do local onde Kathlen de Oliveira Romeu (foto), de 24 anos, foi morta, em 8 de junho, no Complexo do Lins, Zona Norte da capital fluminense, diz o G1. A jovem, que estava grávida, foi atingida por um tiro de fuzil no tórax durante uma operação da PM.

Segundo a denúncia, os agentes retiraram, antes da chegada da perícia, o material que se encontrava na cena do crime e ainda acrescentaram itens como um carregador de fuzil e munições, que foram apresentados por eles depois na 26ª Delegacia de Polícia, no bairro de Todos os Santos.

Os PMs Cláudio da Silva Scanfela, Marcos da Silva Salviano, Rafael Chaves de Oliveira e Rodrigo Correia de Frias foram denunciados por duas fraudes processuais e por dois crimes de falso testemunho. E o capitão Jeanderson Corrêa Sodré foi denunciado por fraude processual na forma omissiva.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....