Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Moro: "Não é só uma disputa pelo futuro. Estamos disputando o passado"

Segundo o pré-candidato do Podemos, Lula tenta reescrever a história, fingindo que o petrolão simplesmente não existiu
Moro: “Não é só uma disputa pelo futuro. Estamos disputando o passado”
Reprodução/Pânico/YouTube

Sergio Moro (foto) comentou há pouco o inquérito aberto no TCU investigar ilegalmente seu contrato de consultoria com a Alvarez & Marsal. O ex-juiz disse que é alvo de perseguição judicial.

“Essa é uma conversa totalmente fiada de um processo em que estão querendo me perseguir lá no TCU. Eu fiz uma live há três semanas, mostrei os documentos, esclareci tudo. Eu nunca prestei serviço para empresa investigada na Lava Jato. Nunca recebi um tostão de empresa investigada, disse, em entrevista ao Pânico.

Segundo Moro, se quisesse ficar rico teria vendido sentenças. “Seu quisesse ter ficado bilionário, eu tinha ficado na Lava Jato, tinha vendido sentença. Depois tinha ido ganhar bilhões trabalhando para essas empresas. Eu não fiz isso.”

Para o pré-candidato do Podemos, há uma clara inversão de valores. Lula é quem deveria prestar esclarecimentos.

Eu já prestei todos os esclarecimentos. O que eu quero ver é os outros que se apresentam aí como pré-candidatos. O Lula esclarecer lá o sítio de Atibaia, as palestras, que ele recebeu mais de R$ 8 milhões da Odebrecht. O PT deveria esclarecer o que foi a corrupção na Petrobras durante o governo dele.”

Moro ainda alertou que as eleições deste ano não serão apenas sobre o futuro do Brasil, mas também sobre o passado, já que Lula tenta reescrever sua história, figindo que o petrolão não existiu.

Não é só uma disputa pelo futuro. A gente está disputando o passado. A verdade está do nosso lado. As pessoas sabem da roubalheira que houve lá na Petrobras, da roubalheira que houve no governo do PT.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....