Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Moro e Beto Richa podem dividir palanque no Paraná

Ex-governador foi réu em processos iniciados após investigações da Lava Jato; segundo tucano, ex-juiz não tem "nenhuma restrição" ao seu nome
Moro e Beto Richa podem dividir palanque no Paraná
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Um acordo que está sendo costurado entre o União Brasil e o PSDB no Paraná pode unir no mesmo palanque Sergio Moro e Beto Richa (foto), informa o Estadão.

O ex-juiz e ex-ministro da Justiça de Jair Bolsonaro anunciou nesta terça (12) sua pré-candidatura ao Senado pelo União Brasil. O ex-governador, por sua vez, tornou-se presidente do PSDB paranaense e vai disputar vaga na Câmara nas eleições deste ano.

Preso três vezes entre 2018 e 2019, nas operações Radiopatrulha, Integração e Quadro Negro, Beto Richa foi réu em processos que começaram após investigações autorizadas por Moro na Lava Jato —por exemplo, a acusação de que ele teria recebido até R$ 4 milhões da Odebrecht, via caixa dois, para sua campanha à reeleição em 2014.

”Vou avaliar [o possível acordo]. Moro manifestou para o nosso pré-candidato [ao governo, Cesar Silvestri Filho] o desejo de formalizar e integrar aliança com o PSDB”, disse o ex-governador ao Estadão.

“Ele [Moro] demonstrou interesse em estar conosco e disse para o nosso candidato que não tem nenhuma restrição ao meu nome”, arescentou Richa. Segundo ele, o ex-juiz prometeu conversar internamente no União Brasil sobre a aliança.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....