Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Moraes manda Bolsonaro explicar suposta propaganda antecipada

Em 12 de janeiro, Jair Bolsonaro criticou resultados da primeira pesquisa de 2022 e insinuou que o ex-presidente Lula "estaria loteando ministérios"
Moraes manda Bolsonaro explicar suposta propaganda antecipada
Foto: Rosinei Coutinho/STF

O ministro Alexandre de Moraes (foto), do TSE e do STF, mandou Jair Bolsonaro dar explicações, em dois dias, por ter feito suposta propaganda eleitoral antecipada em evento no Palácio do Planalto.

Em 12 de janeiro, Jair Bolsonaro criticou, durante o lançamento de um programa de crédito para aquicultura e pesca, os resultados da primeira pesquisa eleitoral de 2022 sobre a corrida presidencial, e insinuou que o ex-presidente Lula “estaria loteando ministérios”.

Na ação, apresentada pelo PT, o pedido pede que o TSE aplique multa a Bolsonaro em R$ 25 mil por ter promovido “verdadeira propaganda antecipada em favor de sua reeleição e negativa” em relação a Lula.

Clique aqui para ler o despacho de Moraes.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....