Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Mirando eleitorado feminino, Bolsonaro libera distribuição de absorventes

Proposta foi barrada pelo presidente no ano passado, mas parlamentares já se articulavam para derrubar veto em sessão do Congresso
Mirando eleitorado feminino, Bolsonaro libera distribuição de absorventes
Foto: Youtube

Tentando reverter sua impopularidade junto ao eleitorado feminino e temendo uma derrota do Congresso, Jair Bolsonaro (foto) editou hoje um decreto autorizando a distribuição de absorventes para mulheres em situação de vulnerabilidade social.

A proposta foi aprovada pelo Congresso no ano passado e barrada na íntegra pelo presidente da República. Na ocasião, Bolsonaro alegou que Câmara e Senado não poderiam aprovar um texto sem apresentar fonte de custeio. O Congresso pretendia derrubar o veto, em sessão marcada para a próxima quinta-feira.

Bolsonaro, porém, antecipou-se ao movimento parlamentar e instituiu hoje o “Programa de Proteção da Saúde Menstrual”, projeto que será executado pela Secretaria de Atenção Primária do Ministério da Saúde.

Segundo o Ministério da Saúde, 3,6 milhões de mulheres serão beneficiadas em todo o país e serão gastos R$ 130 milhões na iniciativa. O projeto aprovado pelo Congresso tinha previsão orçamentária de R$ 85 milhões para a distribuição de absorventes.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....