Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Minoritários da Petrobras pedem investigação de operações atípicas

Minoritários da Petrobras pedem investigação de operações atípicas
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

A Abradin (Associação Brasileira dos Investidores)​ deve protocolar nesta quarta (3) uma reclamação na CVM, órgão regulador do mercado acionário, pedindo investigação sobre operações com ações da Petrobras na véspera da demissão de Roberto Castello Branco.

Nesta terça (2), a coluna de Malu Gaspar em O Globo revelou que, 20 minutos depois da reunião que decidiu demitir Castello Branco, houve uma aquisição de 2,6 milhões de ações da estatal, e outra compra de 1,4 milhão de títulos nove minutos depois —feitas pela mesma corretora.

O presidente da Abradin, Aurélio Valporto, afirmou que há fortes indícios de que as operações tenham sido feitas com uso de informação privilegiada e que o caso precisa de apuração.

“Esse tipo de crime tem que ser exemplarmente punido, porque mina a credibilidade do mercado. Além, claro, de se tratar de um roubo a investidores inocentes”, disse Valporto à Folha, em referência aos acionistas minoritários que sua entidade representa.

Embora a CVM tenha prometido avaliar o caso, ainda não houve abertura de processo administrativo.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....