Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ministro que dizia não acompanhar desmatamento celebra queda nos números de novembro

Dados do Deter mostraram queda de 19% nos alertas de desmatamento em novembro de 2021 em comparação com 2020
Ministro que dizia não acompanhar desmatamento celebra queda nos números de novembro
Reprodução/Planalto/YouTube

O ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, celebrou nesta terça (14) a queda do desmatamento na Amazônia observada em novembro.

“Então novembro de [20]21 foi o menor número desde o início da série histórica, que começou em 2016 (…) Então é um número importante, esse número reflete a integração do Ministério da Justiça, ministro Anderson [Torres], obrigado aí pela integração das nossas equipes e das operações”, disse Leite, em pronunciamento à imprensa no Planalto.

“A integração de Ibama, ICMBio, Força Nacional, Polícia Federal – começou a refletir essa integração e atuação conjunta do Ministério do Meio Ambiente junto com o Ministério da Justiça, agora em números”, acrescentou Leite, que está no cargo desde junho.

Dados do sistema Deter, do Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe), divulgados na sexta-feira (10), indicam 249,49 km² da Amazônia com alertas de desmatamento durante o mês de novembro, o menor número da série histórica. O número também é 19% menor que o de novembro de 2020.

Embora o mês de novembro tenha registrado uma queda, 2021 já tem o terceiro maior acumulado anual, só perdendo para os dois anos anteriores do governo Bolsonaro na série histórica iniciada em 2016. O mês de outubro, por exemplo, teve o recorde da série histórica.

No mês passado, durante a COP26, em Glasgow, Leite disse a repórteres que não tinha ‘acompanhado’ a alta do desmatamento em outubro.

Leia maisMinistro do Meio Ambiente diz que não ‘acompanhou’ números de desmatamento

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....