Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Edson Fachin é eleito presidente do TSE

A eleição ocorreu nesta sexta-feira no encerramento dos trabalhos da Corte e foi feita de forma eletrônica. Foram seis votos a um
Edson Fachin é eleito presidente do TSE
Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) elegeu, nesta sexta-feira (17), o ministro Edson Fachin (foto) como o novo presidente da Corte. O vice será o ministro Alexandre de Moraes. O mandato do atual presidente, ministro Luís Roberto Barroso, se encerra no dia 28 de fevereiro do ano que vem.

A gestão de Fachin termina em agosto, quando será sucedido pelo ministro Alexandre de Moraes que assumirá o comando do TSE até junho de 2024 e conduzirá as eleições do ano que vem.

Como mostramos, o general da reserva do Exército Fernando Azevedo (foto), que comandou o Ministério da Defesa de Jair Bolsonaro até março deste ano, vai assumir em fevereiro do ano que vem o cargo de novo diretor-geral do TSE. Ele também estará na gestão do ministro Alexandre de Moraes.

Nesta semana, Fachin realizou a primeira reunião de transição com a equipe que fará parte da nova administração da Casa. Durante a reunião, além da apresentação dos gestores, foram discutidos alguns pontos importantes sobre as eleições do ano que vem, como: o processo eleitoral e a democracia, o respeito e as potencialidades do corpo interno, bem como as alianças institucionais estratégicas, entre outros.

A eleição ocorreu no encerramento dos trabalhos da Corte e foi feita de forma eletrônica. Foram seis votos a um. Tradicionalmente, o ministro que é eleito para comandar a Corte vota no vice.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....