Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ministério Público Federal dá 48 horas para PRF se pronunciar sobre morte em viatura

Procuradoria quer obter informações sobre inquéritos, procedimentos administrativos ou investigações instauradas a respeito de conduta de policiais
Ministério Público Federal dá 48 horas para PRF se pronunciar sobre morte em viatura
Foto: reprodução/redes sociais

O Ministério Público Federal de Sergipe instaurou procedimento para acompanhar as investigações relacionadas a morte de Genivaldo de Jesus Santos em uma viatura da Polícia Rodoviária Federal na cidade de Umbaúba, no interior do estado.

Ainda segundo determinação do procurador da República Flávio da Costa Matias, a Polícia Civil, a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Federal deverão prestar esclarecimentos, em 48 horas, sobre as medidas que foram adotadas até o momento para apurar a conduta dos policiais envolvidos no caso – procedimentos administrativos ou a abertura de inquéritos.

Como noticiamos, Genivaldo Santos morreu asfixiado após ser abordado por homens da PRF. Os agentes alegaram que usaram “técnicas de menor potencial ofensivo” para conter Genivaldo, que reagiu à abordagem policial.

Mais cedo, moradores de Umbaúba, em Sergipe, protestaram contra a morte do homem, que sofreria de problemas mentais.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....