Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ministério Público do Trabalho notifica presidente da Caixa por 'flexões' de executivos

Procuradoria recomendou que Pedro Guimarães não submeta funcionários do banco público a flexões de braço e "outras situações de constrangimento no trabalho"
Ministério Público do Trabalho notifica presidente da Caixa por flexões de executivos
Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O Ministério Público do Trabalho enviou nesta quinta-feira (16) uma notificação ao presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães (foto), na qual recomenda que ele não submeta os empregados do banco público a flexões de braço e “outras situações de constrangimento no trabalho”, registra a Folha.

Na terça (14), durante evento anual da Caixa em um hotel de Atibaia (SP), Guimarães obrigou executivos do banco público a fazerem flexões e dar estrelas, como ginastas olímpicos. O Sindicato dos Bancários o acusou de assédio moral.

O procurador do trabalho no DF, Paulo Neto, que assina o documento, afirma que esse tipo de conduta coloca o presidente da Caixa “sob pena de instauração de procedimento investigatório no Ministério Público do Trabalho e adoção e medidas administrativas e/ou judiciais cabíveis para correção da conduta”.

A notificação recomendatória, nome formal do documento, diz que, caso Guimarães não cumpra a recomendação do MPT, ele poderá ser responsabilizado nos âmbitos civil, criminal e administrativo.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....