Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Milton Ribeiro usou nome de Bolsonaro sem consentimento, diz Wassef

Advogado da família do presidente afirmou que ele não recebeu informação privilegiada da PF sobre operação contra ex-ministro da Educação
Milton Ribeiro usou nome de Bolsonaro sem consentimento, diz Wassef
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Em entrevista no Palácio do Planalto na noite desta sexta (24), Frederick Wassef (foto), advogado da família Bolsonaro, afirmou que Milton Ribeiro usou o nome de Jair Bolsonaro “sem consentimento.

Como O Antagonista publicou mais cedo, em conversa telefônica com a filha, o ex-ministro da Educação disse ter recebido uma espécie de alerta do presidente sobre a Operação Acesso Pago (“ele acha que vão fazer uma busca e apreensão em casa”).

“Ele usou o nome do presidente sem conhecimento, sem autorização. Cada um se explique pelo que fala”, declarou Wassef. “Compete ao ex-ministro explicar por que ele usa o nome do presidente de forma indevida”, acrescentou o advogado.

O grampo motivou a remessa do inquérito da operação, que investiga o “gabinete paralelo” de pastores no MEC, ao STF. Ribeiro, assim como os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, foi preso na quarta-feira (22); os três foram libertados depois por ordem do desembargador Ney Bello, do TRF-1.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....