Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Milton Ribeiro não cometeu crime disparando arma em aeroporto, diz a PF

Após ouvir testemunhas, polícia concluiu que não havia elementos para abertura de inquérito; ex-titular do MEC afirmou que disparo foi acidental
Milton Ribeiro não cometeu crime disparando arma em aeroporto, diz a PF
Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil

A Polícia Federal concluiu que não havia elementos para abrir inquérito no episódio em que o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro (foto) disparou uma arma de fogo no aeroporto de Brasília. A corporação decidiu encerrar o caso, informa O Globo.

O caso ocorreu em 25 de abril, quando Ribeiro estava no balcão da Latam no aeroporto se preparando para embarcar num voo com destino a São Paulo.

Segundo o depoimento do ex-ministro, quando ele pegou a arma —uma pistola Glock de calibre 9 mm— dentro de sua pasta de documentos para retirar a munição, ela acabou disparando. Uma funcionária terceirizada da Gol chegou a ser atingida por estilhaços.

A PF ouviu testemunhas e concluiu que o disparo havia sido mesmo acidental.

“O ex-ministro descumpriu regras da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e da Polícia Federal no procedimento, porque tentou descarregar a arma no momento do check-in. Os dois órgãos determinam que a arma deve estar ‘descarregada’ durante o trânsito em áreas de aeroporto”, escreve O Globo.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....