Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Mario Sabino, na Crusoé: chega de defender a democracia

"O aspecto tristemente irônico dessa insistente defesa é que a democracia para a qual não existem versões conflitantes vai sendo ferida de morte no cotidiano"
Mario Sabino, na Crusoé: chega de defender a democracia
Foto: Renzo Fedri/O Antagonista

Em artigo para a edição da Crusoé desta semana, Mario Sabino (foto) fala sobre a “defesa da democracia”, citada diversas vezes nos últimos dias por integrantes dos 3 Poderes e pela imprensa diante da crise entre o governo de Jair Bolsonaro e o Judiciário.

“Não sei se você compartilha do meu enfado, mas não aguento mais tanta gente defendendo a democracia todos os dias, de segunda a domingo. Eu mesmo tenho de me policiar para não defender a democracia a cada artigo que escrevo. Jair Bolsonaro ataca o STF para defender a democracia. Alexandre de Moraes ataca Jair Bolsonaro para defender o STF e a democracia. Lula ataca a imprensa para defender a democracia.”

“A Jovem Pan defende a democracia. A Rede Globo defende a democracia. Folha e Estadão fazem editoriais defendendo a democracia. As Forças Armadas defendem a democracia. O TSE responde defendendo a democracia. Daniel Silveira tira a tornozeleira para defender a democracia. Alexandre de Moraes multa Daniel Silveira porque ele tirou a tornozeleira e para defender a democracia. […] O aspecto tristemente irônico dessa insistente defesa da democracia é que a democracia para a qual não existem versões conflitantes vai sendo ferida de morte no cotidiano, e com a participação de alguns dos seus defensores intransigentes.”

LEIA MAIS AQUI; assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....