Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Marcelo Bretas diz que vai processar deputado petista

Paulo Pimenta acusou juiz da Lava Jato no Rio de "vender sentenças em troca de muito dinheiro"; "seu comentário criminoso não ficará impune", rebateu Bretas
Marcelo Bretas diz que vai processar deputado petista
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Marcelo Bretas afirmou em suas redes sociais nesta segunda-feira (14) que vai processar o deputado federal Paulo Pimenta, do PT gaúcho.

Pimenta e outros petistas publicaram um texto segundo o qual Gilmar Mendes teria acabado de “compartilhar com o CNJ provas de três delações” que, segundo eles, incriminariam o juiz da Lava Jato no Rio de Janeiro.

“Bretas tinha parceria com advogado e vendia sentenças em troca de muito dinheiro, segundo as delações”, acrescenta o post publicado pelo deputado (abaixo).

“Seu comentário criminoso não ficará impune. Apenas aguarde a ação penal que segue…”, rebateu o magistrado no Twitter.

A história do CNJ foi publicada pela Veja no final de janeiro: segundo reportagem da revista, o conselho havia decidido analisar provas de três delações contra o juiz.

Na época, Bretas contestou a matéria, que classificou como “tendenciosa”.

“Em verdade, consta da decisão da Corregedoria do CNJ: ‘Os elementos probatórios são insuficientes para autorizar o prosseguimento da análise’ do pedido feito pela OAB. Foram solicitadas informações sobre supostas delações, e o feito suspenso por 180 dias”, escreveu o magistrado no Twitter em 30 de janeiro.

Também pela rede social, Pimenta disse achar “muito bom” que Bretas vá processá-lo. “Não seja covarde e entre mesmo [com o processo]”, afirmou o deputado petista, informando que o ex-deputado Wadih Damous será seu advogado na provável ação.

Marcelo Bretas e Paulo Pimenta

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....