Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Mais 3 pesquisadores da Capes renunciam

Em carta, eles citam acusações anteriores sobre supostas pressões para acelerar a abertura de novos cursos e aprovar ofertas a distância
Mais 3 pesquisadores da Capes renunciam
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Um novo grupo de pesquisadores da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) renunciou às suas atividades nesta semana, ampliando ainda mais a crise no órgão durante a gestão Jair Bolsonaro.

Eles divulgaram uma carta anunciando o desligamento dos trabalhos. Todos os três coordenadores da área de Ciências Agrárias I.

Trata-se da sexta renúncia coletiva no órgão. Na carta, os pesquisadores citam críticas anteriores, sobretudo a postura do órgão para tentar reverter decisão judicial que interrompeu a avaliação da pós-graduação.

“Temos sérias dúvidas que a avaliação será realizada em 2022, mesmo que sendo realizada, estará sujeita a judicialização e a um número interminável de recursos, que serão julgados fora da área de Ciências Agrárias I e sem a qualidade que a área requer.”

Em nota, a Capes afirmou que um novo coordenador já foi escolhido.

“O Conselho Superior da CAPES aprovou nesta sexta-feira, 4 de fevereiro, a designação de Moacir Pasqual como coordenador da área de avaliação de Ciências Agrárias I. Seu nome foi o mais votado pela comunidade acadêmica e científica em 2017 e, com o aval, será oficializada em portaria no Diário Oficial da União.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....