Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Lula: "Bolsonaro poderia, com uma canetada, reduzir preços de combustíveis"

Petista defendeu intervenção na Petrobras, repetindo diretriz do plano de governo lançado hoje
Lula: “Bolsonaro poderia, com uma canetada, reduzir preços de combustíveis”
Foto: PT Brasil via YouTube

Durante o lançamento das diretrizes do plano de governo petista à Presidência da República, Lula afirmou que será necessária uma “engenharia muito séria para reconstruir o país”.

Ele ainda declarou que o Brasil não passa por um momento de “governança normal.”

“É uma coisa absurda, porque a primeira coisa que ele [Jair Bolsonaro] tenta fazer é jogar a responsabilidade da sua incapacidade, diuturnamente, em cima dos outros, disse Lula, sobre a atual crise do preço dos combustíveis.

O petista disse que, assim como o ex-presidente da Petrobras Pedro Parente atrelou a política da empresa aos preços internacionais em 2016, o atual presidente da República teria condições de desfazê-la.

“Bolsonaro poderia, com uma canetada como fez o [ex-presidente da Petrobras, Pedro] Parente, fazer o presidente da Petrobras e diminuir os preços.”

O ex-presidente não detalhou o que espera sobre o plano de governo apresentado hoje: de concreto, ele prometeu se reunir com os 27 governadores para colher sugestões sobre projetos de infraestrutura, principalmente em saúde e educação.

“Não vamos ter problema de executar nosso programa – e não vamos ter tempo de ficar filosofando”, disse.

Como O Antagonista publicou mais cedo, dentre as diretrizes de um eventual governo Lula, estão o fim do teto de gastos, a reestatização da Eletrobras, o incentivo ao consumo e o investimento estatal como indutor do crescimento. A mesma fórmula que quebrou o país antes.

Assista:

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....