Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Lula, de novo, fala em "regular" meios de comunicação

Ex-presidente volta a defender que eufemismo petista para "censura" atinja rádio, TV e internet e pede regulação do direito de resposta, já regulado por lei
Lula, de novo, fala em “regular” meios de comunicação
Foto: Ricardo Stuckert

Em entrevista a uma rádio de Piracicaba nesta quarta-feira (29), Lula (foto) defendeu a “regulação” dos meios de comunicação no Brasil —sim, de novo— e disse que o eufemismo petista para “censura” deve atingir rádios e televisões, concessões públicas, e a internet.

“Quando a gente fala que é preciso democratizar os meios de comunicação, a gente está falando da mídia eletrônica, a gente está falando de rádio e televisão, que é preciso regular a internet. Mas quem vai regular é a sociedade brasileira, não vai ser o presidente da República”, disse o petista, conforme o relato de O Globo.

Lula também voltou a falar em regular algo que o país já regula, o direito de resposta —lei sobre o assunto, a 13.188, foi assinada em 2015 por sua sucessora e poste Dilma Rousseff.

O petista ainda se repetiu sobre as “nove famílias” que seriam donas de quase todos os meios de comunicação no Brasil, defendeu que se façam “plenárias, congressos, palestras” (clássico esporte do PT) para decidir como “democratizar” a mídia e disse ser necessário “que a gente tenha o direito de várias opiniões no mesmo meio de comunicação” —como se os veículos da esgotosfera petista fossem algum dia dar espaço a opiniões “de direita”.

Assista:

LEIA MAIS na Crusoé.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....