Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Luiz Felipe D'Avila, sobre "PEC kamikaze": "Total absurdo"

Pré-candidato do Novo à Presidência da República participa do Papo Antagonista, em entrevista a Claudio Dantas. nesta sexta-feira (1)
Luiz Felipe DAvila, sobre “PEC kamikaze”: “Total absurdo”
Reprodução: Youtube

O pré-candidato do NOVO à Presidência da República, Luiz Felipe D’Avila, definiu a “PEC Kamizake” – o pacote de R$ 41 bilhões com o pacote de benefícios aprovado pelo Senado nesta quinta-feira (30), a três meses das eleições, como um “total absurdo”.

Falando ao Papo Antagonista, o cientista político disse que problemas como esse não deviam ser resolvidos com uma mudança constitucional, e também que o Congresso não pode dar poderes deste tamanho ao presidente Bolsonaro.

“Uma questão emergencial tem que ser resolvida com armas criadas para o dia-a-dia. Não precisa criar uma PEC – é um absurdo criar uma emenda constitucional para resolver um problema momentâneo” , disse, em entrevista a Claudio Dantas. “Temos de combater essa PEC e não deixá-la ser aprovada de maneira nenhuma.”

O pré-candidato liberal apontou duas alternativas para evitar o uso da PEC e ainda sim promover salvação aos brasileiros: a primeira seria um fundo de estabilização no preço dos combustíveis, com uso dos royalties e da partilha, e a outra seria mediante corte de subsídios. “Precisamos ter juízo, cabeça – e o Congresso não pode dar poder emergencial para uma pessoa que é um mau utilizador do poder público, como já mostrou”, disse.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....