Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Lira vai acabar com a fome

O presidente da Câmara voltou a defender a aprovação da PEC que autoriza a pedalada fiscal bolsonarista e pediu "ânimos calmos"
Lira vai acabar com a fome
Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Em entrevista à CNN, Arthur Lira (foto) defendeu nesta sexta-feira (5) a PEC do Calote, com o discurso de que é preciso combater a fome.

“É muito fácil cobrar o teto de gastos, e sempre o defendi em todos os momentos. Mas nós melhoramos a situação sanitária, e os rebotes da pandemia estão aí. Inflação nos alimentos, nos combustíveis, falta de matérias-primas. Estamos com um problema econômico sério para ser resolvido, mas o pior deles ainda é a fome. Há 20 milhões de famílias brasileiras literalmente passando fome”, argumentou o presidente da Câmara.

Ele continuou:

“Um pai de família que não tem emprego e sua família passa fome, vai ao desespero, o que leva ao colapso social.”

A PEC em questão, que ainda precisará ser votada em segundo turno no plenário da Câmara na próxima terça-feira, autoriza uma gambiarra fiscal para que o governo federal consiga dinheiro para bancar o Auxílio Brasil, programa social que deve suceder o Bolsa Família e se tornou a principal aposta do Centrão para reeleger Jair Bolsonaro.

Lira está animado com a aprovação da proposta, que poderá também, entre outras aberrações, resultar no aumento do bolo do fundo eleitoral.

“Esse assunto não merece ser politizado. É importante que a gente mantenha os ânimos calmos, serenos, que possamos fazer sim mais uma vez um debate tranquilo, com cada partido mantendo suas posições claras”, acrescentou o deputado alagoano, ainda na entrevista de hoje à CNN.

Controlando bilhões de reais distribuídos sem critérios claros e sem transparência por meio das chamadas emendas de relator, o ‘Rei Arthur’ já tem conseguido resolver o problema da fome de muitos de seus colegas parlamentares.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....