Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Lira acusa "República Federativa da Petrobras" de estar "em guerra" com o Brasil

Declaração foi feita no Twitter após jornalista revelar nesta quinta-feira que conselho administrativo da estatal tinha dado aval a aumento no preço dos combustíveis
Lira acusa “República Federativa da Petrobras” de estar “em guerra” com o Brasil
Foto: Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara Arthur Lira atacou a Petrobras no Twitter logo após a imprensa revelar que o conselho administrativo da estatal deu aval ao aumento no preço dos combustíveis em reunião extraordinária nesta quinta-feira (16).

Lira chamou a estatal de “República Federativa da Petrobras” e a acusou de estar se rebelando contra o Brasil e os brasileiros.

“A República Federativa da Petrobras, um país independente e em declarado estado de guerra em relação ao Brasil e ao povo brasileiro, parece ter anunciado o bombardeio de um novo aumento nos combustíveis”, publicou o deputado.

“Enquanto tentamos aliviar o drama dos mais vulneráveis nessa crise mundial sem precedentes, a estatal brasileira que possui função social age como amiga dos lucros bilionários e inimiga do Brasil”, acrescentou.

Lira também afirmou que convocará na próxima segunda-feira (20) “uma reunião de líderes” para discutir a política de preços da Petrobras e ameaçou a autonomia do conselho de diretores da estatal: “[A política de preços] pertence ao Brasil e não à diretoria da Petrobras”.

Segundo apuração do blog do jornalista Valdo Cruz, no G1, o conselho diretores justifica o eventual aumento na recusa do governo Bolsonaro em conceder subsídios à estatal e a importadores.

A defasagem nos preços da gasolina e do diesel no Brasil, em comparação ao mercado internacional, chega a 20% e 19%, de acordo com a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....