Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Lindôra pede que STF arquive investigação sobre Bolsonaro por vazamento de dados sigilosos

Parecer foi assinado pela subprocuradora-geral Lindôra Araújo; presidente era acusado de vazar dados de uma investigação da PF ainda em andamento
Lindôra pede que STF arquive investigação sobre Bolsonaro por vazamento de dados sigilosos
Foto: Gil Ferreira/ Agência CNJ

A subprocuradora-geral da República, Lindôra Araújo (foto), pediu que o Supremo Tribunal Federal (STF) arquive uma investigação sobre a atuação de Jair Bolsonaro no vazamento de dados de uma investigação ainda não finalizada pela Polícia Federal. O parecer foi tornado público nesta segunda-feira (1º).

Bolsonaro foi acusado de ter publicado, em agosto de 2021, a íntegra de um inquérito da Polícia Federal sobre um suposto ataque hacker sofrido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 2018.

A atuação criminosa não teria representado qualquer risco às eleições, segundo o TSE. Mas foi usada por Jair Bolsonaro para questionar a lisura do processo eleitoral brasileiro.

As informações, no entanto, são sigilosas – e cabe a todo servidor público, inclusive Bolsonaro, protegê-las. No mesmo mês em que Bolsonaro disponibilizou o relatório em uma rede social, ministros do TSE pediram a abertura do inquérito. A PF falou que Jair Bolsonaro cometeu crime.

À época, a PGR já havia se manifestado contra a abertura do inquérito. Agora, a número dois de Aras quer que a Suprema Corte enterre o caso. 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....