Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ligação citada por Ribeiro pode ter sido feita por aplicativo, diz delegado

Não há registro da chamada no histórico do celular do ex-ministro, que pode ter usado WhatsApp para driblar grampo da PF
Ligação citada por Ribeiro pode ter sido feita por aplicativo, diz delegado
Foto: Adriano Machado/Crusoé

A suspeita de que o presidente Jair Bolsonaro vazou informações a Milton Ribeiro, como mostramos, foi baseada num diálogo do ex-ministro da Educação com sua filha.

O delegado federal Bruno Calandrini desconfia que a ligação que Milton Ribeiro disse ter recebido de Bolsonaro tenha sido feita por meio de aplicativo de mensagem, como o WhatsApp, que usa um sistema de criptografia para proteger as conversas, diz o Estadão.  Não há registro da chamada no histórico do celular do ex-ministro.

Em documento enviado à Justiça Federal do DF, Calandrini afirma que a ligação entre Ribeiro e Bolsonaro pode ter “acontecido por meio de aplicativos de internet como, por exemplo, o WhatsApp”

Depois da conversa com a filha, Ribeiro telefona também para os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura. Para o delegado Bruno Calandrini, as transcrições das conversas “evidenciam que Milton Ribeiro estava ciente da execução de busca e apreensão em sua residência”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....